quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Bebê encontrado dentro de sacola segue internado em estado estável

Recém-nascido passou por exames e toma antibióticos para evitar infecções.

Vídeo mostra quando ele foi resgatado ainda sujo de sangue, em GO

Bebê foi encontrado em sacolas plásticas, em Goiás (Foto: Divulgação/PM)
O recém-nascido que foi resgatado dentro de uma sacola plástica, em Goiânia, segue internado em estado estável. Segundo o Hospital Materno Infantil (HMI), ele passou por exames, faz uso de antibióticos para evitar risco de infecções e permanece em observação na enfermaria, sem previsão de alta.




O bebê, do sexo masculino, foi encontrado na terça-feira (22) em uma calçada na frente a um prédio, no Setor Oeste. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele havia nascido há poucas horas e ainda estava sujo de sangue e envolto na placenta, com cordão umbilical. Após ser resgatado, ele foi colocado em uma manta térmica para manter a temperatura (veja no vídeo acima).
Em seguida o menino foi levado ao HMI. Segundo a unidade, ele nasceu com 51 centímetros e pesando 2,8 kg.
Bebê foi encontrado em sacolas plásticas, em Goiás (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Menino segue internado em estado estável, em Goiânia (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Após saber que a criança está bem, o bombeiro Souza Filho, que participou do resgate, se disse aliviado. "Foi um desfecho maravilhoso, pois o nosso intuito maior é salvar vidas", afirmou.

Resgate
O sargento da Polícia Militar Rosildo Souza Cruz, que atendeu a ocorrência, disse que o menino foi encontrado depois que uma mulher que passava pela rua escutou o choro da criança e ligou para a corporação. “Fomos até o local e encontramos a criança ainda dentro de uma sacola plástica branca, no sol. Uma situação muito triste”, disse.

Um áudio divulgado pela corporação registrou o momento em que o policial foi avisado sobre a ocorrência (confira no vídeo acima).

Segundo Cruz, testemunhas no local disseram que uma moto com um baú na garupa passou na rua quatro vezes em um curto período de tempo. Isso levantou a desconfiança de pessoas que estavam na região, mas ninguém conseguiu identificar quem é o motociclista.

O caso foi encaminhado ao Juizado da Infância e Juventude, que vai definir o local para onde o menino será levado. A Polícia Civil também instaurou uma investigação e tenta identificar quem deixou o bebê na calçada.
fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário