quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

PB tem véspera de Natal chuvosa e registra alagamentos e desabamentos


Aesa prevê chuvas de moderada a forte.
Entrega de presentes a animais da Bica foi adiada.

Chuvas provocaram alagamentos em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)Chuvas provocaram alagamentos em João Pessoa 













A manhã da véspera de Natal, dia 24 de dezembro, foi de chuva em João Pessoa, Campina Grande e outras regiões do estado. A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) ainda não tem dados de quanto choveu nesta quinta-feira (24), mas prevê tempo instável e chuvas de moderada a forte para o resto do dia no Litoral, Brejo e Agreste. No final da tarde já havia registro de chuvas nas cidades de Sousa e Cajazeiras, no Sertão.
Segundo o coordenador da Defesa Civil de João Pessoa, Noé Estrela, já choveu 38.5mm na cidade até as 11h30 (horário local). Para ele, esse número ainda não causa preocupação em relação à segurança. "Ficamos em alerta a partir dos 50mm", explicou.

A Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) registrou pontos de alagamento no Varadouro e no início da Avenida Epitácio Pessoa, no sentido Centro - praia. Porém, como o fluxo de véiculos está reduzido por conta do feriado, não há grandes congestionametos.
Muro e telhado de antiga escola caíram em Cruz das Armas (Foto: Walter Paparazzo/G1)Muro e telhado de antiga escola caíram em Cruz
das Armas 
A Defesa Civil recebeu um chamado sobre a queda do muro e do telhado de uma escola desativada em Cruz das Armas. Porém, ainda não há mais informações. Mesmo no feriado, as equipes estão de plantão e quem tiver algum problema pode entrar em contato por meio do 0800 285 9020.

Por conta da chuva, a entrega de presentes para os animais do Parque Zoobotânico Arruda Câmara, a Bica, que deveria acontecer na manhã desta quinta, foi adiada. O diretor do parque, Jair Azevedo, informou que a dinâmica vai acontecer nesta sexta-feira (25), quando a Bica funciona das 13h às 17h.
A temperatura máxima prevista para esta quinta-feira é de 31ºC e a mínima, de 25ºC. Para o dia de Natal, também devem ocorrer chuvas localizadas e a temperatura também deve varias de 25 a 31ºC.
Em Campina Grande, teto de posto caiu no Alto Branco (Foto: Gustavo Xavier/G1)Em Campina Grande, teto de posto caiu no
Alto Branco 
Campina Grande
Na região do Agreste paraibano, as chuvas começaram no final da manhã. Em Campina Grande, alguns pontos da cidade chegaram a formar alagamentos, nos bairros da Liberdade, Jardim Paulistano e no Ponto de Cem Réis, deixando o trânsito lento. Durante a chuva, o vento forte chegou a assustar os moradores. Segundo o Corpo de Bombeiros, na Rua Antenor Navarro, no bairro da Prata, uma árvore caiu em cima de um carro. No bairro do Alto Branco, o teto de um posto de combustíveis e alguns outdoors caíram. Ninguém ficou ferido.

Ainda no Agreste, houve registro de chuvas fortes também nas cidades de Aroeiras, Richão do Bacamente, Queimadas e Lagoa Seca. Segundo o coordenador da Defesa Civil em Campina Grande, Ruiter Sansão, é preciso que a população se mantenha em alerta. “As chuvas seguem até o fim do dia. Os ventos fortes já causaram alguns estragos e é preciso que as pessoas fiquem atentas”, explica.
De acordo com Marle Bandeira, meteorologista da Aesa,os fortes ventos foram ocasionados pelo encontro das massas de ar. "A mistura das temperaturas, umidades e pressão do ar causaram as fortes rajadas de ventos que não devem seguir ao longo do dia", explica.
No Sertão
Na cidade de Sousa, que fica a 427 km de João Pessoa, a chuva e a ventania chegou a derrubar parte da cobertura de um posto de gasolina. O posto, que f ica na Avenida Manuel Gadelha Filho, principal da via de acesso da cidade, está desativado e no momento do incidente não havia ninguém no local.  Já em Cajazeiras, também no Sertão, a 461 km da capital, a torre de uma empresa de telecomunicações também caiu após chuva e rajadas de ventos fortes.
Parte da cobertura de um posto de gasolina desativado caiu em Sousa, no Sertão após rajadas de vento forte (Foto: Felipe Valentim / TV Paraíba )Parte da cobertura de um posto de gasolina desativado caiu em Sousa, no Sertão após rajadas de vento forte fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário