terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Acidente no Paraná mata três militares do 62º BI de Joinville


Carro em que as vítimas estavam foi arrastado por 170 metros após colidir com ônibus

Automóvel ficou destruído após a colisão com o ônibus da empresa Expresso Maringá

Na tarde desta terça-feira (19), um automóvel Volkswagen Gol, placa AIF-0927 de Pomerode, foi arrastado por 170 metros após colidir com o ônibus da empresa Expresso Maringá, na PR-412, em Coroados, próximo a Guaratuba, no Paraná.
O acidente ocorreu por polta das 14h e causou a morte dos soldados do Exército Erison Otávio, 19 anos, David Garcia, 20, e o cabo Leandro Vichinheski, 22. Ambos moravam em Guaratuba, mas serviam ao Exército no 62º Batalhão de Infantaria em Joinville. De acordo com a PRE (Policia Rodoviária Estadual), além das três vítimas fatais, outras três pessoas que estavam no ônibus ficaram feridas no acidente.
Os soldados David Garcia, Erison Otávio e o cabo Leandro Vichinheski prestavam serviços militares no 62º BI de Joinville

Segundo a PRE, 33 pessoas estavam no ônibus. Em nota, a Expresso Maringá diz que auxiliou todos os passageiros feridos. Ainda em nota, a empresa afirma que o veículo onde estavam os três militares invadiu a pista contrária e consequentemente veio a atingir o ônibus.
“Segundo informações preliminares, (o carro) invadiu a pista contrária para fazer uma ultrapassagem irregular”, diz um trecho da nota.
fonte ND online

Nenhum comentário:

Postar um comentário