segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

BOMBEIROS COBRAM TAXA PARA REMOÇÕES DESNECESSÁRIAS


CAMINHÃO PERMANECE A UM ANO EXPOSTO AO SOL E A CHUVA

Os Bombeiros Voluntários, cansados de estarem servindo de “TAXI” com suas ambulâncias, estão cobrando agora uma taxa de R$ 50 reais. O valor será cobrado a partir do momento em que a corporação notar que não é necessária a utilização de maca ou oxigênio para remoções. Em uma de suas entrevistas, o presidente da Corporação, Gerson Schirmer, ressaltou que muitas pessoas acionam a ambulância por estar com dor no pé, dor de barriga… deslocando assim os plantonistas, gerando gastos para a corporação e para os voluntários. Por outro lado, neste sábado (23) faz um ano, que foi apresentado a comunidade o caminhão truck todo reformado. Doado pela Receita Federal, o veículo passou por um processo de reforma total e ganhou um munck. O caminhão chegou ainda a ficar exposto no centro da cidade para ser mostrado à população.

Caminhão passou por reforma total.

Por não ter lugar na sede da entidade, a viatura permanece há um ano exposta aos efeitos do sol e da chuva no pátio da garagem da empresa Viação Santa Cruz no Bairro Maieron. As marcas do tempo já vêm sendo notadas na lataria e na pintura do caminhão. Ele é utilizado no combate a incêndios e como viatura auxiliar no abastecimento do caminhão principal. Esse veículo, também é cedido muitas vezes para a Prefeitura de Sobradinho trocar lâmpadas em postes, fazer podas de árvores, e auxílios na instalação de decoração na cidade. Há alguns meses, parte da cabine foi amassada, quando um galho de árvore teria caído em cima da viatura na realização de uma poda.

Viatura está exposta ao sol e a chuva na garagem da empresa Viação Santa Cruz a um ano.

Outro fato que vem sendo notado em fotos publicadas pela corporação, é a falta de utilização de equipamento de proteção individual (EPI) por parte de integrantes em ocorrências. Os Bombeiros Voluntários de Sobradinho dispõem de todo o material de segurança necessário, como botas, capacetes e capas de proteção. O uso dos equipamentos é obrigatório, porém alguns bombeiros optam por não utiliza-los, aumentando assim o risco de se ferirem em ocorrências. Um exemplo disso é uma foto publicada no Jornal Gazeta da Serra de sexta-feira (22), onde dois integrantes da corporação aparecem combatendo o incêndio em uma patrola, sem o uso de equipamento de proteção individual.

 Dois bombeiros aparecem combatendo incêndio em uma patrola sem equipamentos de segurança
fonte radio sobradinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário