terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Corpo de menina de cinco anos que estava desaparecida é encontrado

Amanda Daiana, de 5 anos, estava desaparecida desde domingo.

Corpo foi encontrado boiando no Rio Gravataí, no bairro Passo das Canoas.

Grupo de Busca e Salvamento, de Porto Alegre, foi chamado para a retirada  do corpo (Foto: Roberta Salinet)
Grupo de Busca e Salvamento, de Porto Alegre, foi chamado para a retirada do corpo 
Foi encontrado o corpo da menina Amanda Daiana, de 5 anos, que estava desaparecida desde domingo (17),  boiando no Rio Gravataí, em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, conforme o Corpo de Bombeiros. A localização ocorreu no começo da tarde desta terça-feira (19) no bairro Passo das Canoas, a cerca de 50 metros onde a família se banhava.
Amanda Daiana, de 5 anos, desapareceu em Gravataí (Foto: Arquivo Pessoal)Amanda Daiana, de 5 anos, desapareceu em
Gravataí 
Segundo o Corpo de Bombeiros, um morador da região viu o corpo boiando e entrou em contato com o serviço de emergência. O corpo foi retirado da água por volta das 15h.
O Grupo de Busca e Salvamento (GBS) de Porto Alegre foi chamado, já que o corpo não estava próximo da margem e, por isso, era necessário uma embarcação para o serviço. Agentes do Corpo de Bombeiros de Gravataí também foram para o local. A família da menina acompanhou a retirada do corpo.
'Foi um afogamento normal', diz delegado
O caso está sendo investigado pela 2ª Delegacia de Polícia do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM). O titular da delegacia, Endrigo Veiga Marques, observa que não há ainda confirmação oficial da identidade da vítima, o que deve ser comprovado com o laudo da Departamento Médico Legal (DML). "Tudo indica que seja ela, até mesmo pelas vestes da criança encontrada hoje no rio."

Para a polícia, a principal hipótese é que tenha se afogado. "Não há nada que aponte para um homicídio. Consideramos que foi um afogamento normal. Até o momento não há indicio de crime doloso", frisa Marques.

Família se banhava em rio quando criança desapareceu
Amanda Daiana estava desaparecida desde as 17h de domingo. Ela estava com familiares em uma prainha às margens do Rio Gravataí quando perceberam que a criança não estava mais por perto. Os pais não acreditam que a menina tenha se afogado.
"Tinha umas 600 pessoas fora, e umas 200 dentro da água. A única chance é de alguém ter levado ela, afogada não foi", disse o pai Diego dos Santos.
A família chegou a espalhar cartazes pela cidade com a foto de Amanda e contatos para informações. No fim da manhã desta terça-feira (19), testemunhas prestavam depoimento para tentar desvendar o caso.
fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário