sábado, 30 de janeiro de 2016

SAMU MONTA ENFERMAGEM NA PONTE ESTAIADA

Para atender urgências

O trabalho do Samu será realizado com o apoio do Corpo de Bombeiros, que vai atuar com duas viaturas de apoio 


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Teresina (Samu) está com um estande montado na Ponte Estaiada, além de outros dois pontos móveis de atendimento ao longo do percurso do Corso de Teresina. Ao todo, médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e ambulância estão a postos para atender os casos de urgências médicas que possam a acontecer durante o evento.
O diretor geral do Samu, Marcelo Benício, diz que, no ano passado, foram realizados cerca de 200 atendimentos. “Destes, cerca de 90% dos casos foram de excesso de ingestão de bebidas alcoólicas”, comenta. Por isso, Marcelo orienta quanto aos cuidados com a saúde e para que as pessoas não cometam excessos. “É necessário atenção especial com a alimentação e a reposição de líquidos. Dê preferência a uma alimentação leve, mas com bastante fruta, verduras, alimentos naturais e carboidratos, que podem assegurar a energia necessária durante a festa”, cita.
A Fundação Hospitalar de Teresina (FHT) informa ainda que, havendo necessidade, os pacientes serão encaminhados para o Hospital do Bairro Primavera, na zona Norte, que é o mais próximo do percurso do Corso. A equipe médica deve ser reforçada com mais profissionais para agilizar o atendimento.
Bombeiros
O trabalho do Samu será realizado com o apoio do Corpo de Bombeiros, que vai atuar com duas viaturas para dar apoio a eventuais necessidades durante a realização do Corso de Teresina. “ Teremos duas ambulâncias de apoio em locais estratégicos para servir às pessoas que, eventualmente, precisem de algum tipo de atendimento. Na Central, outros bombeiros estarão de sobreaviso para ações emergenciais”, conta.

Os elevados da Polícia Militar estão sinalizados com balões numerados de 1 a 11 ao longo da Avenida Raul Lopes
O major Egídio Leite destaca também que a atuação da corporação no evento é principalmente preventiva, pois, antes dos foliões invadirem a avenida, eles verificaram todas as condições para garantir a segurança das pessoas. “ Todos os camarotes foram analisados e vistoriados antes do evento. O objetivo é evitar que ocorram acidentes, garantindo uma estrutura com segurança para os usuários”, pontua.
fonte O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário