sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

CELULAR CAUSA INCÊNDIO E MATA UMA PESSOA


Homem morre após incêndio causado por celular deixado na tomada

Marek Kruger, de 53 anos, morreu após um incêndio causado pelo superaquecimento da bateria de seu iPhone, que ficou carregando durante a noite. De acordo com o Independent, o caso aconteceu em agosto de 2015, em Reading (Inglaterra), mas as investigações só foram concluídas na última quarta-feira (3).
Ainda segundo o jornal britânico, o homem, que estava fazendo tratamento para um câncer no cérebro, morreu intoxicado pela fumaça e teve 64% do corpo queimado.
Ainda segundo o jornal britânico, o homem, que estava fazendo tratamento para um câncer no cérebro, morreu intoxicado pela fumaça e teve 64% do corpo queimado.
Em depoimento, Iryna Kruger, a esposa de Marek, informou que ele estava sozinho no momento do incidente. Por conta de um acidente, ele estava incapacitado de levantar da cama e todos os seus pertences (como carteira e celular, que era usado para emergências) estavam ao seu lado. 
"Ele costumava deixar o celular e carteira sob o travesseiro porque ele queria mantê-los por perto. Ele se sentia desprotegido quando as meninas [suas cuidadoras] não estavam por perto e eu estava no trabalho", declarou Iryna. "Ele teve um tumor no cérebro, havia perdido muito peso e estava sentindo muita dor".
Para os investigadores não há dúvidas de que a bateria do aparelho tenha provocado o incêndio. "Ele não sabia o que estava acontecendo ao seu redor", afirmou Ravi Sidhu, assistente de legista que participou da investigação. "Ele tinha sido tomado pelos efeitos da fumaça de um incêndio causado pela bateria do telefone".
FONTE:http://www.redetv.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário