terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

ENCONTRADA OFICIAL DE JUSTIÇA QUE ESTAVA DESAPARECIDA NO TOCANTINS


Mulher foi localizada próximo ao terminal multimodal da ferrovia norte/sul.
Ela teria se perdido e batido o carro, que teria caído em uma vala.

A oficial de justiça que estava desaparecida desde domingo (21) foi encontrada nesta terça-feira (23). Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, Rossana Tomei Daher, 55 anos, foi localizada próximo ao terminal multimodal da ferrovia norte/sul, sentido Porto Nacional, por um funcionário.
De acordo com SSP, a mulher, que iria cumprir um mandado judicial na zona rural de Porto Nacional, se perdeu no caminho. Ela teria saído da estrada, batido o carro em um barranco e o veículo teria caído em uma vala.
Rossana desapareceu após sair de casa para cumprir mandato judicial, em Porto Nacional (Foto: Divulgação)Rossana desapareceu após sair de casa para
cumprir mandato judicial, em Porto Nacional
Conforme a SSP, Rossana foi encontrada a 600 metros de onde o carro caiu.
Quando foi localizada, a oficial estava semiconsciente, desidratada e desnutrida.
Após ser localizada pelo funcionário da ferrovia, um carro de polícia que já fazia buscas chegou ao local.
O delegado Pedro Ivo Costa Miranda, do 4° Delegacia de Polícia de Porto Nacional/Distrito de Luzimangues, prestou os primeiros socorros à vítima.
A caminho de Palmas, o carro de polícia cruzou com uma ambulância do Corpo de Bombeiros e Rossana foi transferida para o veículo. Ela foi levada para Unidade Pronto Atendimento (UPA) norte.
Na noite desta terça-feira (23), a família da mulher utilizou uma rede social para agradecer o apoio. "Graças a todos que ajudaram ela já está sendo medicada sem fraturas e algo mais grave. Gratidão só isso que posso falar a todos."
Conforme os parentes, a oficial de Justiça deve ser transferida para um hospital particular.
Entenda
Rossana saiu de casa para cumprir um mandado judicial no assentamento Pau d'Arco, zona rural de Porto Nacional, a 52 km de Palmas, e não entrou mais em contato com a família.
A nora de Rossana, Nataly Dias, disse que no mesmo dia parentes fizeram buscas na região. "Fomos até o assentamento, conversamos com os moradores e eles nos disseram que ela não passou por lá. Talvez ela nem tenha chegado ao destino, até porque as estradas estão ruins."
A polícia foi avisada nesta segunda-feira (22) e fez buscas na tentativa de localizar a mulher.
fonte G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário