terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

FUNCIONÁRIO DO SAMU MORRE EM TENTATIVA DE ASSALTO EM PORTO ALEGRE RS


A vítima estava dentro do veículo quando foi abordada por um homem armado por volta das 16h

Todas as informações colhidas pela Polícia Civil levam a crer que uma tentativa de roubo terminou na morte de um funcionário do Samu na tarde desta terça-feira. A vítima, identificada como Alexsandro de Matos Hoisler, 41 anos, estava dentro do carro, um Logan, esperando pela mulher, que estaria em uma consulta odontológica. Pouco depois das 16h, ele teria sido abordado por um criminoso que teria chegado em um Peugeot.

– Pelo menos cinco testemunhas reforçam que ele foi alvo de uma tentativa de assalto. Viram que, ainda sentado dentro do carro, no lado do motorista, ele trocou socos com o criminoso. Acabou baleado no abdômen e, por último, na nuca – conta o delegado Alexandre Vieira, titular da 9ªDP, mas respondendo pela 8ªDP, que ficará com o caso.

Hoisler chegou a ser levado ao Hospital de Pronto Socorro (HPS). Pouco antes das 20h, o delegado confirmou que ele não havia resistido e morrido em antedimento.

Câmeras

O carro da vítima, que não foi levado na ação, foi recolhido para ser periciado. O delegado acredita que câmeras de segurança na região tenham registrado imagens dos criminosos.

– Há diversas câmeras no entorno cobrindo possíveis trajetos de fuga. A partir de amanhã (quarta-feira), vamos buscar essas imagens – confirma.

Assaltos constantes apavoram

Os dois tiros no meio da tarde tiraram da rotina funcionários de lojas e moradores da Rua General Souza Doca, no Bairro Petrópolis. Foi o desfecho trágico de mais um assalto, dessa vez custando uma vida.

Enquanto olhavam a cena, com a mulher da vítima em estado de choque implorando por socorro médico, testemunhas lembravam de outros ataques parecidos na região nas últimas semanas.

Série de roubos

– Sexta-feira passada, assaltaram uma loja. Ontem, outro estabelecimento também foi roubado. Isso sem contar os clientes que nos relatam a toda hora crimes assim. Estamos muito assustados aqui – conta o funcionário de um estabelecimento próximo.
fonte diário gaúcho


Nenhum comentário:

Postar um comentário