terça-feira, 8 de março de 2016

Sargento mergulhador morre durante operação de resgate em açude no Sertão



diario de pernambuco


Um sargento mergulhadorUm sargento mergulhador do Corpo de Bombeiros morreu enquanto realizava a busca subaquática de um afogado num açude no distrito de Moxotó, em Jatobá, no Sertão. Félix Francisco de Oliveira Araújo, de 42 anos, era lotado no município de Garanhuns, no Agreste, mas estava prestando serviços em Serra Talhada. Ele morreu nessa segunda, deixou esposa e três filhas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, outro mergulhador entrou com ele no açude e, ao perceber que o colega não tinha voltado para superfície, nadou rapidamente para tentar resgatá-lo. Na busca pelo sargento, outros dois oficiais também mergulharam e fizeram buscas no local, mas quando o encontraram ele já estava sem vida.

O sargento servia ao Corpo de Bombeiros há 22 anos. O comando do Corpo de Bombeiros de Pernambuco decretou luto de três dias por conta da morte do sargento e fez uma homenagem ao oficial através das redes sociais. "Nós que fizemos parte de sua história, guardamos na memória a lembrança de um bombeiro militar apaixonado pela profissão".

Confira a nota de pesar divulgada pela corporação

É com pesar que recebemos nesta segunda-feira (07) a notícia da morte prematura do bombeiro militar, mergulhador, Sgt FÉLIX Francisco de Oliveira Araújo de 42 anos de idade, lotado no 3º GB em Serra Talhada, deixa esposa e três filhas.

O graduado faleceu no exercício de sua atividade profissional, enquanto realizando uma busca subaquática de um afogado no açude localizado no distrito de Moxotó, município de Jatobá.

Cumprindo a missão de proteger a vida, o patrimônio e o meio ambiente, zelando pelo bem estar da sociedade, o Sgt Félix, que tanto honrou a farda e companheiros de profissão, deixa-nos aos 22 anos de bons serviços prestados sendo exemplo de dedicação, determinação, zelo e disposição.

Nós que fizemos parte de sua história guardamos na memória a lembrança de um bombeiro militar apaixonado pela profissão.

Toda a família Bombeiro Militar se une a esposa e filhas do militar neste momento de tristeza e roga a Deus para que dê a fortaleza e conforto necessário para minimizar a dor de tão triste episódio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário