quarta-feira, 6 de abril de 2016

PRIMEIROS SOCORROS FEBRE

PRIMEIROS SOCORROS FEBRE

A FEBRE É UM AUMENTO DA TEMPERATURA CORPORAL. QUANDO O ORGANISMO É AGREDIDO POR UM AGENTE EXTERNO OU POR UMA DOENÇA NOS ÓRGÃOS INTERNOS.

O termostato do corpo, chamado hipotálamo, pode elevar a temperatura em 2 ou 3 graus acima dos valores habituais, o que caracteriza a febre. Na verdade, a febre não é uma doença, é uma reação do organismo contra alguma anomalia.
Ela é geralmente um sinal de infecção. A febre em si é geralmente inofensiva e provavelmente útil, pois ajuda o sistema de defesa a livrar-se do agente agressor. Ela normalmente é um motivo de preocupação, mas raramente é uma razão para pânico.
A temperatura média do corpo varia entre 36ºC e 36,7ºC.  A sua temperatura corporal pode variar dependendo do quanto você está ativo ou a hora do dia. Geralmente, as pessoas mais idosas têm temperaturas corporais mais baixas do que as pessoas mais jovens, bem como, as mulheres pela condição de seu ciclo menstrual.
Normalmente, a temperatura é mais baixa pela manhã e mais alta no fim da tarde ou à noite. As alterações de até um grau podem ser perfeitamente aceitáveis em condições normais.

COMO É AFERIDA A TEMPERATURA CORPORAL ?

A temperatura do corpo é medida usando um termômetro clínico.  As leituras são normalmente tomadas na boca, ouvido, ânus (reto) ou axila.

TIPOS DE TERMÔMETRO CLÍNICOS


Termômetro de mercúrio ou analógico 

Termômetro de mercúrio ou analógico/ imagem - Enciclomédica
Termômetro de mercúrio ou analógico/ imagem – Enciclomédica






Termômetros digitais

Devido à natureza variável das leituras de temperatura corporal, os médicos muitas vezes procuram outros sinais e sintomas da doença que acompanham a febre. Esses incluem:
  • Letargia (abatimento, desânimo);
  • Falta de apetite
  • Aumento da sensibilidade à dor
  • Diminuição da capacidade de concentração

DEVO TRATAR UMA FEBRE?

Quando você ou algum familiar está doente, o principal objetivo é aliviar o desconforto e promover o repouso. Contudo, estudos recentes recomendam que a elevação da temperatura é uma tática do organismo,  benéfica ao hospedeiro (ao corpo) para reagir a agressões internas e externas. Portanto, em grande parte dos casos, não há necessidade de medicamentos especiais para tratamento da febre.

COMO TRATAR A FEBRE BAIXA

  • Hidratação;
  • Usar roupas leves;
  • Faça refeições leves;
  • Se você sente frio, use um cobertor leve até o final arrepios;
  • Banhos com água a temperatura ambiente (tépida, nem quente, nem fria) e com duração de 15 minutos ajudam a baixar a febre;
  • Monitore a febre.

QUANDO PROCURAR AJUDA MÉDICA

Como citamos acima, a febre pode ser a indicação de uma doença que precisa ser tratada o quanto antes. Por essa razão, procure ajuda médica nos seguintes casos:
  • Em bebes bebês com menos de três meses, com temperatura acima de 37,5ºC e abaixo de 35,5º C
  • Em bebês com menos de três meses e temperatura superior a 39ºC, ou se a febre alta ou baixa estiver relacionada a choro contínuo e irritabilidade intensa;
  • Quando a febre dura mais que um dia, associada a dor de cabeça, irritabilidade, dificuldade para falar, abatimento, sonolência (sintomas sugestivos de meningite) em crianças de até 2 anos;

 FEBRE EM QUALQUER A IDADE ACOMPANHADA DOS SEGUINTES SINTOMAS:

  • Forte e persistente dor de cabeça;
  • Sensibilidade excessiva à luz;
  • Dor de garganta que impede a deglutição;
  • Vermelhidão na pele;
  • Nuca endurecida e dolorosa ao curvar a cabeça;
  • Confusão mental;
  • Vômitos repetitivos;
  • Dificuldade para respirar ou dor no peito;
  • Irritabilidade ou apatia ou sonolência;
  • Dores abdominais;
  • Dor ao urinar ou micção frequente em pequena quantidade.

PRIMEIROS SOCORROS EM CASOS FEBRIS

A febre alta ( a partir de 39 º C) é a principal causa de convulsões em crianças. Embora uma crise convulsiva seja um quadro impressionante, estas convulsões geralmente, não causam prejuízos. Contudo, em todos os casos, a criança deve ser sempre conduzida ao serviço médico de emergência.
Leia o artigo Primeiros Socorros Crise Convulsiva, para saber como lidar com as convulsões.
Enquanto não é possível deslocar até o atendimento médico de emergência ou enquanto se aguarda o atendimento via SAMU – 192, proceda da seguinte forma:
  • Aplique compressas úmidas na testa, cabeça, pescoço, axilas e virilhas regiões por onde passam os grandes vasos sanguíneos, com intenção de baixar a temperatura;
  • Você também pode dar-lhe um banho com água a temperatura ambiente (tépida, nem quente, nem fria);
  • Ao contrário do que se pensa, remova o excesso de roupas, mas evite deixá-lo muito exposto a correntes de ar;
  • Os médicos não recomendam ministrar nenhum tipo de medicação até que se saiba o que esta causando a febre.

OBSERVE AS SEGUINTES PRECAUÇÕES:

  • Não dê aspirina a alguém com 16 anos ou menor (Síndrome de Reye) ;
  • Não dê ibuprofeno para crianças com menos de 6 meses;
  • Não dê paracetamol para crianças abaixo de 11 kg ou 2 anos, sem consultar o médico;
  • fonte primeirossocorros
  • SUA MARCA CONECTADA AO MUNDO!



Nenhum comentário:

Postar um comentário