segunda-feira, 4 de abril de 2016

Semana Família na Escola’ combate o Aedes em parceria com voluntários da Cruz Vermelha

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Cruz Vermelha Brasileira – filial Paraíba, promove, nesta segunda-feira (4), a ‘Semana Família na Escola’. A mobilização, proposta pelo Ministério da Saúde em todo país, pretende envolver instituições de ensino e a comunidade no combate ao Aedes aegypt.
Na Paraíba, serão 10 unidades, entre universidades e escolas técnicas, com cerca de 900 alunos, todos voluntários da Cruz Vermelha que promoverão ações dentro das próprias instituições. Na sexta-feira (1º), foi realizada uma reunião, entre a Gerência de Vigilância em Saúde, da SES e voluntários, para definir detalhes da ação. O trabalho será no período de 4 a 9 de abril.
De acordo com a programação, pela manhã e à noite, os alunos da Faculdade Maurício de Nassau, em João Pessoa, farão um trabalho de mobilização com os colegas, de sala em sala. Na terça-feira (5), pela manhã e à tarde, serão realizadas atividades na Famene. Na quarta-feira (6), à noite, na Asper. Na sexta-feira (7), na UFPB, nos turnos da manhã e da tarde. Outras unidades da Capital (Unipê, FPB, Faser, Iesp, FCM e Fesvip) estão definindo a programação.
“Esta parceria com a Cruz Vermelha é muito importante e só vem a somar com o trabalho realizado com a ajuda do Exército Brasileiro, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil e prefeituras por todo estado, no combate ao mosquito”, avaliou a gerente executiva de Vigilância em Saúde, Renata Nóbrega.
A gerente lembrou que a recomendação do Ministério da Saúde é que o trabalho aconteça em todos os municípios. Na Paraíba, será dada prioridade aos 35 municípios com o índice mais alto de notificação de dengue. Com os voluntários da Cruz Vermelha, o trabalho será feito em João Pessoa.
De acordo com o conselheiro da Cruz Vermelha, Uguaraci Souza, a entidade vai participar com base nos sete princípios fundamentais adotados pela XX Conferência Internacional da Cruz Vermelha, em Viena, em 1965: humanidade, imparcialidade, neutralidade, independência, voluntariado, unidade e universalidade.
“Estamos sempre à disposição para ajudar. E, neste caso específico, onde ações combaterão o mosquito que causa tantas doenças, não poderíamos ficar de fora e, dessa forma, procuraremos envolver o maior número de alunos, professores, direção e todos os que fazem as instituições”, adiantou.
fonte paraiba
                                      

    SUA MARCA CONECTADA AO MUNDO!

      ACESSE:  WWW.CONEXAOBOMBEIRO,COM.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário