quarta-feira, 4 de maio de 2016

Bombeiros de Coxim participam de instrução de mergulho e resgate

O 5º Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente realizou nesta segunda e terça-feira (2 e3), instruções de atualização de mergulho de resgate aos profissionais da área do quartel de Coxim.

As instruções foram desenvolvidas diante a necessidade de constante revisão e melhoramento dos conhecimentos nesta área operacional para um melhor atendimento à população que necessita de tal atividade.

O município de Coxim está situado na Bacia do Rio da Prata, possuindo como principais rios: Coxim, Jauru, Piquiri e Taquari; além dos Ribeirões Bonsucesso, Cachoeirinha, Claro, Furna, Salto, São Bento, Torrinhas, Urutau e Córrego da Onça.

Isso demonstra que Coxim e os municípios ao seu redor são banhados por rica hidrografia, o que favorece ao acontecimento de ocorrências de buscas e resgates subaquáticas. Em 2015, o quartel do 5ºSGBM/Ind atendeu 4 ocorrências, e em 2016 já foram duas buscas subaquáticas.

Instruções
As instruções, ministradas pelo Capitão Venâncio, comandante do subgrupamento, abordaram assuntos teóricos e práticos. A parte teórica falou sobre a física do mergulho e conceitos que estão intrinsecamente ligados ao comportamento dos gases quando submetidos a pressão hidrostática.

Além dos conceitos físicos, a pressão possui efeito direto no corpo humano, o que demonstra a necessidade de conhecimento a respeito das influências da pressão sobre o mergulhador, assim, abordou-se sobre os diversos tipos de barotraumas e tratamentos, embolia traumática pelo ar, narcose pelo nitrogênio.

Num segundo momento, o Procedimento Operacional Padrão nº02 do CBMMS foi trabalhado pelo grupo, orientando as condutas a serem executadas nas operações subaquáticas. Em seguida, passou-se ao Planejamento do Mergulho, o que envolve diversos fatores, tais como cálculo de volume de ar comprimido disponível à determinada profundidade, cálculo do tempo disponível para o mergulho, utilização da Tabela de Mergulho para mergulhos simples e repetitivos.

Ao término da parte teórica, as medidas de segurança respectivas a todas operações aquáticas foram expostas de forma a conscientizar que a segurança é fator fundamental e primordial para a inocorrência de qualquer acidente para com os mergulhadores.

A parte prática, realizada nesta terça, abordou as técnicas de busca subaquática leque crescente e zig-zag, processos utilizados para busca de objetos e pessoas submersas, bem como as técnicas e procedimentos utilizados para a realização de Reflutuação de objetos submersos, como carros, barcos, motores e etc.
fonte edicaoms.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário