sábado, 1 de abril de 2017

Dois PMs ficam feridos em ataque de criminosos a banco no Litoral Norte do RS.

Dois policiais militares ficaram feridos em um ataque de criminosos a uma agência bancária do Banrisul em Mampituba, no Litoral Norte gaúcho, durante a madrugada deste sábado (1º). Os brigadianos tiveram a sede da companhia alvejada por tiros efetuados pelos assaltantes.

Ao menos doze criminosos, fortemente armados e em três carros, cercaram o banco. Enquanto uma parte da quadrilha explodiu o cofre, outra parte atacou o posto da Brigada Militar no município. Foram realizados vários disparos de fuzil contra o local, que estava vazio.

Os dois policiais que deveriam estar na companhia estavam atendendo uma ocorrência em Morrinhos do Sul, cidade vizinha de Mampituba. Após explodirem o cofre da agência, roubarem o dinheiro e saquearem uma loja de roupas que fica ao lado, os criminosos fugiram.
Carros foram queimados pelos criminosos.

Em cima de uma ponte na localidade de Pirataba, em Torres, os assaltantes colocaram fogo em dois carros usados por eles. Com o incêndio dos veículos, os ladrões queriam impedir que guarnições catarinenses prestassem apoio aos policiais gaúchos.

Enquanto os bandidos seguiam para Torres, houve um confronto com a Brigada Militar. Os criminosos novamente fugiram. Dois policiais ficaram feridos na perseguição após capotarem uma Renault Duster em uma estrada vicinal de terra.

Os assaltantes ainda renderam a condutora de um carro para continuar a fuga. Com o cerco policial, eles acabaram se embrenhando em um matagal, na tentativa de fugir dos agentes gaúchos e catarinenses.

As buscas aos criminosos prosseguiram por toda a manhã deste sábado, mas ninguém foi encontrado. Além dos policiais militares do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, agentes da Delegacia de Roubos do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) gaúcho prestaram apoio na investigação e nas buscas.

Uma carabina calibre 38, um rádio HT e uma mochila com dinheiro roubado do Banrisul foram recuperadas pela polícia.
Viatura Renault Duster da Brigada Militar capotou durante a perseguição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário